quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Homenagem à Mimosa Querida...

 
Posted by Picasa

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Feliz 2010!!!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Ponha à Prova Todas as Coisas

Por Jim Mathis

Conversando com um "web designer", ele assegurou-me que todo mundo está usando outro navegador da Internet e que eu poderia aperfeiçoar meu site fazendo o mesmo. Segundo ele o que eu usava estava ultrapassado e deveria ignorá-lo. Frequentemente amigos me falam de pessoas importantes, como eles, que usam computadores de determinada marca e que deveria fazer o mesmo.

Pesquisei um pouco ― o que é muito fácil de se fazer ― e constatei que o porcentual dos que acessam meus sites usando o tal navegador é de apenas 8%. Mais de 90% usam a versão que ele disse ser antiga. Descobri também que apenas 7% usam a marca de computadores que ele me recomendou. Aprender isso me fez lembrar que é preciso cautela com opiniões alheias. Também me fez lembrar da necessidade de ser cuidadoso ao expressar opiniões, já que podem facilmente ser checadas e refutadas por dados concretos.

Em Atos 17.11 a Bíblia diz que "Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo."  Vale dizer, examinar as Escrituras para checar os fatos é a própria definição de caráter nobre. 

Não devemos aceitar cegamente o que os outros nos dizem sem fazer cuidadoso estudo por conta própria, seja fazendo negócios ou tomando decisões financeiras. Porém, é ainda mais crucial com questões que acarretam consequências eternas. Pode não fazer grande diferença que tipo de navegador você prefere usar, mas compreender o amor de Deus e o perdão que Ele oferece por meio da fé em Jesus Cristo tem grandes e eternas conseqüências. Sendo assim, nossas conclusões não podem ser fruto do acaso, nem segundo opiniões de outros. É preciso estudar o Livro que é a fonte original – a Bíblia. 

Desde essa conversa com esse web designer, baixei o navegador que ele me recomendou e descobri que ele de fato oferece algumas vantagens. Mas o que uso, por outro lado, tem também lá suas vantagens. Acabei optando por usar um ou outro, dependendo da situação. Ambos são apenas ferramentas e não existe uma que seja universal para navegar pela Internet. Quanto mais ferramentas tivermos à disposição mais saberemos quando e como usar melhor cada uma. 

O mesmo se aplica ao crescimento espiritual. O estudo bíblico é ferramenta importante para se aprender sobre Deus. A oração é outro componente eficaz para desenvolvimento espiritual, assim como o encorajamento dos que pertencem à nossa comunidade. Também o aprendizado através de sermões e outras apresentações, leitura de livros e outros meios afins. Mas lembre-se: 

  • Não acredite em tudo o que ouve.
  • Use todas as ferramentas disponíveis.
  • Esteja aberto ao que Deus está lhe dizendo.

Próxima semana tem mais!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

O Natal em uma Só Palavra

Por Robert J. Tamasy

 
 

Natal! Seria difícil imaginar outro tema sobre o qual mais palavras tenham sido proferidas do que escritas. Este é o momento do ano em que as pessoas expressam suas opiniões sobre o significado do Natal. Entre membros do clero e líderes religiosos encontramos surpreendente variedade de comentários sobre a importância dessa data, observada em quase todo o mundo.

 
 

Para os varejistas, é claro, Natal significa dinheiro. Representa o "tudo ou nada", já que a maior parte do faturamento anual vem da venda de presentes. Para os Correios e empresas de entrega expressa, é a época de aumento notável no volume de trabalho e nos lucros. Para muitas empresas é também o momento de reavaliar o ano em curso, antes de aquecer os motores para o próximo.

 
 

No mundo do entretenimento ocorre o lançamento dos principais filmes do ano e de novas músicas, bem como de programas especiais de TV e rádio, abordando temas natalinos. A indústria de transportes contribui para as maiores aglomerações do ano. O setor de alimentos ganha novo significado ao voltar sua atenção para as tradicionais guloseimas das festas natalinas.

 
 

A lista poderia prosseguir indefinidamente, mas nada disso promove a compreensão do verdadeiro significado do Natal. Comentaristas sociais usam as expressões boa vontade, amor fraternal e dar para comunicar seu significado. O livro, porém, que descreve melhor o primeiro natal – a Bíblia – indica que o significado do Natal pode ser resumido em uma única Palavra. O Evangelho de João declara:"No princípio, era o Verbo (Palavra), e o Verbo (Palavra) estava com Deus, e o Verbo (Palavra) era Deus ...E o Verbo (Palavra) Se fez carne e habitou entre nós, e vimos a Sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade" (João 1.1,14).

 
 

Estudiosos da Bíblia entendem que este "Verbo" (Palavra) refere-se a Jesus Cristo, o centro de todo o Evangelho. O interessante é que a Bíblia não se refere a Jesus como "o dicionário", "o léxico"ou "a enciclopédia" – mas somente como "Verbo" (Palavra). No livro "In His Image" (À Sua Imagem), Philip Yancey e Dr. Paul Brand descrevem o que aconteceu quando Jesus entrou na existência e tempo humanos há mais de 2.000 anos, afirmando que Ele se tornou "a expressão visível e finita do invisível, infinito e inexprimível Deus".

 
 

A mente humana não consegue conceber um Deus que criou todo o Universo e o sustenta em seu curso. Em Jesus também não encontramos explicação compreensível. Mas como o Verbo, Ele revela atributos importantes de Deus. Vejamos apenas uma amostra:

 
 

Seu amor. "O Meu mandamento é este:que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a vida pelos seus amigos" (João15.12-13). "Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a Sua vida por nós..." (I João 3.16).

 
 

Sua humildade. "Embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-Se; mas esvaziou-Se a Si mesmo, vindo a ser servo, tornando-Se semelhante aos homens" (Filipenses 2.6-7).

 
 

Seu coração de servo. "Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a Sua vida em resgate de muitos" (Marcos 10.45). "Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente" (João10.10).

 
 

Próxima semana tem mais!