sexta-feira, 20 de julho de 2012

Como pedir desculpas sinceras

 

Por Stephanie D’Ornelas

Para que uma pessoa perdoe alguém que a prejudicou, não basta que o ofensor restitua a pessoa devolvendo algo que ele roubou, perdeu ou estragou. O perdão sincero só vem quando a outra parte pede “desculpas”, com todas as letras. Se você estragar algum objeto de um amigo, por exemplo, não basta dizer que vai o presentear com um item igual. É necessário também pedir perdão pelo estrago – e com sinceridade.

De acordo com uma nova pesquisa da Universidade Baylor, no Texas (EUA), as pessoas são mais propensas a ter um comportamento tolerante quando recebem restituição, mas só perdoam com franqueza e esquecem o passado se recebem um pedido de desculpas ao mesmo tempo.

No estudo, participantes que recebiam um pedido de perdão após uma fraude de uma pessoa desconhecida em um jogo se mostraram mais generosas com eles. Quando guardavam rancor, entretanto, tinham atitudes negativas em relação a outra pessoa.

Os pesquisadores afirmam que, mesmo com a reposição material, o pedido de perdão verbal pode ser necessário para reparar os danos completamente. A restituição sem um pedido de desculpas pode levar a um “falso perdão”, em que os infratores são tratados bem, mas não são necessariamente perdoados.

Se seu melhor amigo te emprestar um livro e você perder, compre um novo para ele – mas não se esqueça de colocar um bilhete dentro com frases sinceras pedindo desculpas. [LiveScience/ScienceDaily]

Postar um comentário