sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Dizer 'Obrigado' Mesmo Quando Não Se Sente Grato

Esta semana nos Estados Unidos milhões de pessoas celebraram o "Dia de Ação de Graças", bem como em outros países e culturas ao redor do mundo. Para muitos a data serve como “ocasião para contar as bênçãos”, refletindo sobre as boas coisas experimentadas ao longo do ano. Uma maravilhosa tradição, sem dúvida. Mas e àqueles que enfrentaram reveses e perdas no ano anterior?

Como expressar sincera gratidão quando há poucos motivos para se ser grato? É a pergunta com a qual meu amigo de longa data, Albert Diepeveen, lutou durante boa parte de sua vida. Anos atrás eu o ajudei a produzir um livro intitulado, “Saying ‘Thank You’ When You D’ont Feel Thankful”, (“Dizendo‘Obrigado’ Quando Você Não Se Sente Grato”).

Nascido na Holanda, Albert e sua família viveram os horrores da Segunda Guerra Mundial. Os suprimentos eram escassos e, como muitos outros, tiveram que sobreviver sem ter o essencial. Devido à má nutrição ele contraiu tuberculose, que o confinou à cama por mais de três anos, a maior parte em um hospital.

Albert venceu a luta contra tuberculose, mas problemas de saúde o acompanharam por toda a vida. Em 1958, ele e a esposa imigraram para os Estados Unidos, onde estabeleceu diversas pequenas empresas de sucesso. Sendo empreendedor, viveu os altos e baixos dos negócios. 

Apesar de enfrentar adversidades de várias formas, Albert irradia alegria e paz que muitos não podem entender. Mas meu amigo aprendeu o segredo, como seu livro afirma, de ser capaz de dizer “obrigado” mesmo quando não se sente grato. O segredo, ele ressalta, é sua fé em Jesus Cristo e a confiança que “Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que O amam, dos que foram chamados de acordo com o Seu propósito” (Romanos 8.28). 

Deixe Albert explicar: “Ao estudar as Escrituras, tomei consciência de que Deus não pode mentir e jamais cometeu um engano. Deus ama a cada um de nós. Ele permite que circunstâncias aconteçam em nossa vida para nosso próprio benefício”. 

Falando sobre sua vida antes do encontro transformador que teve com Jesus, ele diz: “Frequentei uma escola cristã e cresci num lar cristão. Mas eu nunca tinha visto em Sua Palavra (a Bíblia) o que claramente vejo agora. Você sabia que existem cerca de 10.000 promessas na Palavra de Deus? E se Ele promete, você pode confiar. Nós todos podemos confiar no que a Bíblia diz”. 

Albert conta que descobriu uma passagem na Bíblia em que reconheceu a importância de ser grato a Deus, mesmo não se sentindo cheio de gratidão. “Um dia meu pastor estava falando sobre um versículo que diz: ‘Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus’ (1Tessalonicenses 5.18). Depois ele repetiu: "Deem graças em todas as circunstâncias", acrescentando: "Se alguém ama você, não vai deixar que nada lhe aconteça que não seja bom para você”

Para Albert, aquela foi uma lição para toda a vida. A despeito das enfermidades, reveses nos negócios, lutas com finanças e outras dificuldades, ele aprendeu a dizer “obrigado”, mesmo quando não se sente grato. E você? 

Por Robert Tamasy

Próxima semana tem mais!


Postar um comentário