sábado, 2 de janeiro de 2010

Equilibrando sua Vida

Por Rick Warren

 
 

A Lei do Equilíbrio está estabelecida em nosso universo. Para que tudo funcione adequadamente é preciso que haja equilíbrio. Por exemplo: 

  • A Terra não vibra enquanto realiza sua rotação porque permanece equilibrada em seu eixo. Nós não nos congelamos nem somos consumidos pelo calor porque ficamos a uma distância adequada do Sol.
  • A Natureza existe em ecossistemas equilibrados. Deus colocou restrições e equilíbrio na Natureza para manter a "cadeia alimentar" de animais e plantas na necessária ordem.
  • Em arquitetura, os vários pontos de estresse de um edifício precisam ser equilibrados para que não entre em colapso. 
  • O corpo humano funciona melhor quando seus sistemas estão equilibrados. O desequilíbrio é chamado de doença e sua restauração de cura.

Um dos problemas mais comuns que vejo no ambiente de trabalho é que as pessoas estão com suas vidas em desequilíbrio. É uma doença com muitos sintomas, mas uma mesma causa. Você pode entrar em desequilíbrio por qualquer coisa, em excesso ou de menos, seja trabalhar, comer, dormir, distrair-se, ver televisão, usar Internet, praticar sexo, etc.. 

 
 

Muitas pessoas tendem a dar muita atenção à sua vida pública, negligenciando a esfera privada. Como fotografias de má qualidade, elas são superexpostas e a revelação fica incompleta.  Os resultados do desequilíbrio sempre são os mesmos: frustração e cansaço. Quais pneus mal balanceados que se gastam rapidamente, desequilíbrio não corrigido acaba por levar à exaustão. 

 
 

Anos atrás o Dr. Charles Garfield conduziu um estudo notável sobre "Grandes Realizadores" , indivíduos que ele identificou como líderes reconhecidos em suas respectivas áreas. Um traço comum aos grandes realizadores, segundo ele, ao contrário do mito popular, é que eles eram indivíduos bem equilibrados e não viciados em trabalho. 

 
 

A pessoa mais equilibrada que já viveu foi Jesus Cristo. A Bíblia diz que Ele "cresceu intelectual, física, espiritual e socialmente" (Lucas 2.52).  Como você se classificaria em relação a estas quatro categorias de crescimento e comportamento? Existe equilíbrio em sua vida ou você tem negligenciado uma ou mais destas áreas importantes? Permita que eu o estimule a fazer um exame pessoal minucioso esta semana, fazendo a si mesmo estas perguntas:

  • Estou mentalmente mais perspicaz que cinco anos atrás? Por que? Se não, vou fazer algo a este respeito? Estou sempre me queixando de cansaço ou problemas de saúde? Se sim, que planos tenho para mudar isso?
  • Estou desenvolvendo o lado espiritual de minha vida?
  • O que estou fazendo para melhor compreender Deus e Seu propósito para minha vida?  
  • Estou cultivando relacionamentos importantes, onde dou e recebo apoio? Quem pode contar comigo como verdadeiro amigo?

Próxima semana tem mais!


 

Postar um comentário