quinta-feira, 5 de agosto de 2010

AMAR-SE É UMA APRENDIZAGEM

    A autoestima deveria ser uma experiência natural na vida das pessoas. Mas não é o que acontece na prática. Jesus Cristo nos ensinou a amar o próximo como a nós mesmos. (Mateus 19:19) Daí se depreende que só quem se ama de forma saudável pode amar o outro satisfatoriamente. Mesmo que a nossa autoestima não esteja tão boa assim, podemos trabalhar no sentido de melhorá-la. Aqui vão algumas sugestões:

1) Não se rotule de forma negativa: "Sou desajeitado", "Faço tudo errado", "Não sirvo pra nada", e assim por diante. Quando pensamos dessa forma, a tendência é reproduzirmos comportamentos que reforcem essas idéias.

2) Seja firme em suas posições, mas não tão obstinado a ponto de não ouvir bons conselhos ou idéias. É muito importante aprender a não viver à sombra dos outros. Se você errar ou falhar, pelo menos lute pelo que você acredita.

3) Perdoar a si mesmo é tão significativo quanto perdoar os outros. Não exija de si mesmo a perfeição. Você está envolvido num processo de crescimento e crescer implica novas aprendizagens.

4) Não se compare aos outros. Você é uma pessoa singular. Deus o ama como é e respeita a sua individualidade.

5) Evite fazer das críticas a bússola para a sua vida. As críticas podem-nos ajudar a crescer, mas não podemos viver em função do que as pessoas pensam de nós ou para satisfazer as expectativas delas. Para os cristãos, a paz de Cristo é o árbitro de nossos corações. O que Deus vê quando olha pra você?

6) Procure se relacionar com pessoas confiantes e positivas, que gostem de você e que vibrem com o seu crescimento.

7) Comece a ajudar os outros a se verem como Deus os vê – aceitando-os, amando-os e encorajando-os. Dê a cada pessoa a dignidade que merece como um ser criado por Deus.

8) Aprenda a rir mais, ao invés de levar a vida "a ferro e fogo". Rir é um bom remédio para a alma.

9) Não espere demais das pessoas. Todos podem falhar, inclusive as pessoas que estão mais próximas de nós. Somos todos aprendizes na arte de viver.

10) Faça coisas que dê prazer e que deixem você mais feliz. Reserve um tempo para "se curtir".

    Amar-se é um processo de intimidade e generosidade para com a nossa pessoa. Quando eu me olho no espelho e digo para mim mesmo que Deus me ama, o amor começa a brotar no meu interior e vai-se espalhando, espalhando...

(Sueli Barão Rocha de Souza, evangélica, professora, cunhada do Bp. Laerte Lafayett)

Postar um comentário