segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

CALEBE– O HOMEM QUE ENTROU NA TERRA PROMETIDA…

Calebe era filho de Jefoné. E uma curiosidade sobre o pai de Calebe é  que ele não era israelita, e sim do povo quenezeu (Númeos 32.12; Gênesis 15.19). Imagino que o pai de Calebe também vivesse no Egito, onde também fosse escravo – o povo quenezeu era um povo nômade, que habitava na região norte da terra de Canaã. No Egito, Jefoné poderia ter casado com uma mulher judia e também escrava, (um casamento misto), ou ainda, ter saído com sua família aproveitando o Êxodo do Egito (o populacho citado em Ex 12.38) e posteriormente anexado à tribo de Judá.
O significado do nome kelebh/Calebe é "FIEL COMO CÃO".
Calebe foi um dos homens de grande fé do Antigo Testamento, pois acreditou na promessa de Deus para sua vida. Aos 85 anos se dispôs a ir para a guerra, dizendo que tinha a mesma força de um homem de 40 anos.
Calebe tinha um coração temente e voltado para Deus, é o que diz Números 13:30. Ele sentia de longe as artimanhas do inimigo, porque possuía um coração contrito ao Deus da promessa. Ele tinha a percepção aguçada, era um homem de espírito diferente.
Todas as pessoas que têm comunhão com Deus possuem um espírito diferente, são capazes de conquistar a Terra, de passar pelos problemas sem que os problemas as vençam, porque mais forte é o que está nelas do que o que está no mundo.
Em Números 14:24, Deus deu a Calebe uma promessa de que receberia todo pedaço de terra que conquistasse, só porque deu um relatório encorajador ao povo, em contraste aos relatórios negativos dos outros 10 espias. Em Gênesis 23:2, vemos que Hebrom era chamada de Quiriate-Arba. Arba foi o maior homem entre os anaquins, que eram os gigantes que estavam na terra de Canaã.
Como Calebe devemos arrancar de nossas vidas todos os gigante. Devemos ser homem/mulheres de percepção aguçada.
Lembre-se de que gigante é tudo que afronta a Deus pode ser deformidades na nossa alma, situações, palavras negativas, pessoas sendo intrumento do nosso inimigo,etc.
Calebe e Josué perseveraram na fé, que era maior do que o temor, do que os gigantes que habitavam Canaã. Ele viu o quão difícil era entrar na terra, mas que iria conquistar através da perseverança e de um relatório fiel. Com a idade de 85 anos, reivindicou essa promessa. Apesar da idade, ele ainda tinha a força de um jovem (Números 14:6-15; 15:4). Um homem não deixa de ser guerreiro quando envelhece, mas quando perde seus sonhos, a sua visão. Não é por ser idoso que alguém não vai conquistar as batalhas, nem vencer a guerra.
Se você deixar seus sonhos morrerem, jamais será um vencedor. Seja como Calebe, ousado e determinado. Idade não é empecilho. O Salmo 22:12-14 diz que o justo florescerá como a palmeira, e ainda na velhice dará o seu fruto
Calebe andava em obediência, por isso atraiu a glória de Deus para si. Se você quer atrair essa glória, ande também em obediência.
Quando temos obstinação por um sonho, não recuamos diante de nenhuma situação adversa. Pelo contrário, avançamos para vencer os desafios, ainda que sejam como gigantes encontrados na terra que Deus já nos deu. Não podemos ter relatórios incrédulos. Deus disse que daria a autoridade sobre as nações para quem perseverasse até o fim.
Calebe prezava a unidade eram UM com Josué. Os outros 10 espias, apesar de estarem com os dois, de terem saído no mesmo momento e investigado a mesma terra, eram incrédulos. Calebe os confrontou, dizendo que Deus iria lhes entregar Canaã, mas os 10 insistiram que era impossível.
Para chegarmos a Canaã, temos que passar pelo deserto, mas isso não quer dizer que tenhamos que ficar 40 anos nele, nem morrer lá.
Decida não ser como aquele povo que pereceu. Não deixe que a terra trague você!
Tenha um relatório de fé, firmeza, vigor, força e prove das benesses de Deus.
Postar um comentário