quarta-feira, 31 de agosto de 2011

DISTRAÇÕES QUE ROUBAM A FÉ

Tenho investido bastante meu tempo com pessoas que se afastaram da presença de Deus, enfim, ao Ministério Volta Logo. Vidas preciosas para Deus! "Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados" Tiago 5:19,20.  E conversando com algumas delas, percebo que muitas vezes elas não sabem exatamente o que fez com que se afastassem do evangelho. Mas, na maioria dos casos, os afazeres da vida moderna são o motivo do afastamento.
Vivemos em um mundo que evoluiu muito economicamente e tecnologicamente falando. Enfim, são muitos os atrativos, são muitas as distrações. Sempre, na hora de ir ao culto, aparece algo para se fazer. É a ida ao Shopping, a visita inesperada, o programa da TV super especial que só é transmitido naquele dia, o cinema, o trabalho, o futebol, o salão de beleza, o cansaço, entre outras situações. E de repente, a pessoa está distante de Deus, achando que é normal não estar na Igreja, afinal de contas, Jesus está em meu coração, dizem a maioria. Uns até dizem, eu sou o "Templo de Deus", não preciso de Igreja.
Mas esta é uma grande mentira que Satanás tem usado para desviar as vidas do evangelho. Precisamos sim da Igreja! Precisamos sim estar em comunhão! Precisamos sim da cobertura do Corpo de Cristo! Jesus não saia do Templo "E foram ter com ele no templo cegos e coxos, e curou-os" (Mateus 21:14) Os discípulos da Igreja Primitiva viviam no Templo "E aconteceu que, tornando eu para Jerusalém, quando orava no templo, fui arrebatado para fora de mim" (Atos 22:17). Os justos florescem no Templo "Os que estão plantados na casa do SENHOR florescerão nos átrios do nosso Deus" (Salmo 92:13).
Creio que estamos próximos da vinda do Senhor Jesus Cristo e o amor de muitos têm se esfriado, como diz a Palavra, não somente por causa do aumento da iniquidade, mas especialmente por pura distração, ou melhor, as preocupações que impediam a Marta, irmã de Maria, estão suflando a nossa fé. "E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária" (Lucas 10:41). Por este motivo, precisamos estar atentos, entendendo e valorizando a parte que é realmente necessária, a busca incessante ao Senhor, enquanto podemos achá-lo (Isaías 55:6).

Pra. Ioná Loureiro

Postar um comentário