segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

AS BÊNÇÃOS DE SERVIR AO SENHOR

Uma das grandes alegrias do pastor é ver suas ovelhas abraçando o ministério. Infelizmente muitas pessoas aprenderam a sentar-se nos bancos e esperar serem convocados. O modelo que a igreja adotou durante muito tempo foi de que o único ministro da igreja era o pastor. Não é de se duvidar que isso gerou para muitos pastores um sentimento de poder, já que eram vistos como aqueles que sabiam e faziam tudo.

Mas graças a Deus que a visão bíblica está sendo retomada. Pedro escreveu o seguinte: “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” (1 Pe 2.9). Quando falamos em ministério devemos ter sempre em mente a igreja, que exerce a cada momento, através dos seus membros o que Deus tem em mente. Deus chama você a se unir a outros que já servem e desfrutar da bênção de servir. Mas que bênçãos viriam sobre a minha vida se eu me dispusesse a servir?

A primeira bênção é o senso de realização - Quando sirvo, passo a ver o quanto sou importante e quanto o meu serviço pode ajudar o crescimento da obra de Deus e outras pessoas mais necessitadas que eu. Paulo, escrevendo aos Coríntios, disse: “O serviço ministerial que vocês estão realizando não está apenas suprindo as necessidades do povo de Deus, mas também transbordando em muitas expressões de gratidão a Deus.” (2 Co 9.12).

A segunda bênção é o senso de convicção. Mas convicção de que? De estar no centro da vontade de Deus. Paulo escreveu o seguinte: “Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil.” (1 Co. 15:58). Servir a Deus me traz convicção de estar fazendo o que agrada a Ele.

E por fim a certeza da recompensa - Aquilo que faço é sempre para a glória de Deus. A Bíblia diz: “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo.” (Cl 3.23,24). E isso é uma grande bênção porque faz com que eu não espere os aplausos humanos e sim o reconhecimento de Deus.

Por tudo isso, e muito mais, eu devo servir a Deus. Perceba que não falei de bênçãos no sentido material como muitos imaginam, e sim bênçãos espirituais. Servir a Deus nos inspira a viver uma vida mais altruísta onde o amor a Ele e ao próximo faz com que vejamos as maravilhas de Deus em cada pessoa transformada por Seu amor.

No amor de Cristo,

Bispo Laerte Lafayett

Postar um comentário