segunda-feira, 2 de março de 2015

O Desafio de Discernir a Vontade de Deus

Você já participou do exercício de formação de equipes, no qual alguém se coloca às suas costas e o desafia a se lançar em seus braços? A sua disposição em confiar nessa pessoa geralmente depende, em parte, da força dela, e em parte, da percepção que você tiver do desejo dela de segurar você. Contudo, não importa o quão forte ela seja, pode não segurá-lo se você não estiver disposto a depositar sua confiança nela. 

Processo semelhante envolve a busca para discernir a vontade de Deus para nossa vida e trabalho. Muitos dizem querer saber a vontade de Deus para sua carreira ou sua empresa, mas não se sentem confortáveis para dar o primeiro passo e confiar Nele e promover os resultados.

Provérbios 3.5-6 ensina princípios importantes para buscar a vontade de Deus, não importa as circunstâncias a enfrentar:“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e Ele endireitará as suas veredas.” 

Portanto, o primeiro passo para conhecer a vontade de Deus para nosso trabalho ou outra área de nossa vida é ter confiança de que Ele é suficientemente forte para nos segurar e que Ele quer o melhor para nós. Você pode confiar, se soltar e cair para trás em Seus braços!

O segundo passo, conforme Provérbios 3.5 é: “Não se apoie em seu próprio entendimento”. Vamos admitir que isso é bem difícil. Nós queremos saber e entender o que vai acontecer, como e por quê. Não confiar no próprio entendimento é uma proposta assustadora, mas é o que somos instruídos a fazer.

Se você já participou de uma sessão de brainstorming (criatividade em equipe), percebeu que cada pessoa coloca na mesa suas próprias experiências e ideias. Imagine quantas ideias o Deus Criador pode acrescentar aos planos que você tem para sua carreira! Em Isaías 55.8 Deus declara: “Pois os Meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os Meus caminhos.”  Se realmente quisermos saber Sua vontade, precisamos deixar de tentar “descobrir” o que Ele está fazendo.

Romanos 12.2 nos instrui: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Para conhecer a vontade de Deus para sua carreira ou numa importante decisão de negócios, renove sua mente e confie no entendimento Dele, e não no seu, por meio da oração e do estudo da Sua Palavra.

O passo final é também difícil: “Submeter todas as coisas a Deus”. Durante anos persegui firmemente meu objetivo de administrar meu próprio banco, até que alguém se ofereceu para financiar meu sonho empresarial. Mas através da oração, Deus deixou claro que Seu plano para mim era outro. Ele desejava que eu iniciasse uma atividade voltada para o mercado de trabalho. Essa era uma perspectiva intimidadora e assustadora para mim: abandonar o que me sentia confortável em fazer e embarcar num empreendimento totalmente novo e diverso. Apesar de não saber o que o futuro me reservava, eu me submeti à vontade de Deus. E não me arrependo!

Ao ler o livro de Jó, encontramos seus amigos consolando-o e aconselhando-o. Embora os conselhos que eles lhe deram sejam ruins em sua maior parte, um deles sabiamente lhe disse: “Sujeite-se a Deus, fique em paz com Ele, e a prosperidade virá a você.” (Jó 22.21).

Por mais difícil que possa parecer é muito simples: se você está tentando discernir a vontade de Deus, tudo o que precisa fazer é confiar Nele, obter Seu entendimento e então, corajosamente, se submeter ao plano Dele. 

Próxima semana tem mais!

Por Rick Boxx
Postar um comentário